1 comentário:
De Arlindo de Sousa a 31 de Julho de 2008 às 23:44
O edifício da Administração está uma lástima. Apesar da simplicidade, era um imóvel de aspecto agradável.
Trabalhei ali quase dois anos. De 1961 a 1963. Conheço bem o interior. A seguir aos trágicos acontecimentos de 1961, sob a direcção do Administrador, Rodrigo José Baião, primeiro; e depois, sob a direcção do Administrador, Meneses e Pereira, na organização e implementação da Administração.
Anteriormente, como se sabe, o edifício albergava um mero Posto Administrativo. Sob a alçada do concelho de Ambaca, Camabatela.
Lembro-me de que no balcão de madeira, de atendimento, viam-se bem nítidas as marcas de algumas das catanas que em 15 de Março de 1961 chacinaram muitos dos habitantes do Quitexe. Inclusive, mulheres e crianças.
Certo dia, quando estávamos a organizar o arquivo, de duma das velhas pastas saltou um dedo já ressequido. Tal não foi a violência daqueles trágicos dias!

Comentar post