Terça-feira, 31 de Julho de 2012

Responsável condena actos violentos contra mulheres e crianças nos lares do Quitexe

Valter Gomes | Uíge - 29 de Julho, 2012

Os actos de violência contra mulheres e crianças por parte de familiares são as principais causas de separação em muitas famílias e do aumento do índice de crianças abandonadas nas ruas do município do Quitexe, disse ontem, ao Jornal de Angola, a chefe do sector da Família e Promoção da Mulher naquela circunscrição.
Domingas Mário avançou que, de Janeiro a Julho do ano em curso, o seu sector registou 14 casos de violência doméstica contra mulheres e crianças, provenientes das diferentes localidades do município.
Os casos de maior relevância ou de difícil resolução, referiu, são encaminhados para as estruturas provinciais. “Estamos muito preocupados com o aumento dos casos de violência, porque muitas das vítimas chegam ao nosso centro com ferimentos graves. Por isso, criámos equipas de sensibilização que estão a desenvolver diversas actividades nas igrejas, escolas, comunas, regedorias, aldeias e noutras localidades de maior densidade populacional”, disse.
Com o trabalho de sensibilização actualmente em curso, o sector da Família e Promoção da Mulher pretende esclarecer os habitantes sobre o mal que os actos de violência podem causar às famílias, informando-os sobre a Lei Contra a Violência Doméstica em vigor no país.
Os conflitos nos lares, o consumo excessivo de drogas e de bebidas alcoólicas, a fraca possibilidade económica e financeira das famílias e a má interpretação do termo de igualdade de direitos por parte de algumas mulheres, também têm contribuído para o desentendimento e separação das famílias.
O diálogo, a unidade, o respeito, o amor ao próximo e a fidelidade são, para a responsável, alguns dos princípios que proporcionam o bem-estar nas famílias. Sem a observância destes princípios, a responsável considera que dificilmente a sociedade alcança um progresso harmonioso.
Domingas Mário pediu às mulheres locais para fazerem formações nas mais diversas áreas, porque o país necessita da contribuição de todos para o seu desenvolvimento e, lembrou, antigamente era pouco notória a inserção de mulheres nos cargos de direcção e chefia.
“A mulher era vista como uma simples doméstica mas, fruto da formação académica, profissional e técnica de muitas delas, o Executivo aprovou vários Decretos que estão a permitir que muitas mulheres sejam nomeadas para cargos públicos”, salientou, notando que no município de Quitexe mais de 20 por cento dos cargos de direcção são ocupados por mulheres, facto que está a motivar muitas outras a fazerem formação académica e profissional.
“Actualmente, o papel da mulher é valorizado. Por isso, nós, as mulheres, devemos continuar a apostar na formação para que o número de mulheres em cargos de direcção cresça cada vez mais, porque o desenvolvimento de uma região não depende apenas dos homens. As mulheres também têm uma palavra a dizer”, afirmou.
Nesse sentido, reprovou o comportamento de muitos homens que impedem as suas mulheres de frequentarem as escolas, porque hoje elas estão cada vez mais apostadas em demonstrar as suas verdadeiras capacidades intelectuais e profissionais, para que a sociedade esteja devidamente equilibrada.
“Os nossos antepassados viveram momentos difíceis. Muitas mulheres não sabiam ler e escrever, mas hoje a situação é completamente diferente, porque elas procuram demarcar-se do passado e apostam cada vez mais em conhecer a evolução tecnológica e científica”, concluiu.  O município do Quitexe possui três comunas, Vista Alegre, Aldeia Viçosa, Cambambe e  conta com 75 aldeias.

publicado por Quimbanze às 08:32

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Julho de 2012

Serviços de saúde mais perto da população em Quitexe

O chefe da repartição municipal da Saúde em Quitexe, Kunzica Miguel, regozijou-se hoje com o facto de a população local beneficiar dos serviços de saúde humanizados e mais perto dos habitantes, fruto da construção de novas unidades sanitárias e o aumento de técnicos de enfermagem e administrativos.

 
Em declarações à Angop, avançou que, durante dez anos de paz e reconciliação nacional do país, o município de Quitexe beneficiou de 16 unidades sanitárias, das quais 12 postos médicos e quatro centros de saúde, distribuídos na sede do município, comunas de Vista Alegre, Aldeia Visosa,
Kambamba e outras localidades.
 
Disse que as unidades sanitárias estão asseguradas por 49 enfermeiros e 22 trabalhadores administrativos, entre técnicos médios e básicos, catalogadores, brigadas de higiene e vigilantes, factor que garante atendimento condigno e humanizado aos pacientes, nos centros e postos distribuídos nas comunas, regedorias e aldeias com maior população.
 
Para reforçar o quadro clínico da região, disse, foram também contactados 24 técnicos de enfermagem e 22 outros auxiliares de limpeza e administrativos.
 
"Dois médicos de nacionalidade cubana especializados nas áreas de pediatria e clínica geral também asseguram o atendimento dos pacientes e contribuem na superação dos vários casos patológicos graves que anteriormente eram transferidos constantemente para o hospital central do Uíge", acrescentou.
 
Kunzica Miguel lembrou que de 1999 a 2002 o sector da Saúde no município quase não tinha infra-estrutura sanitária adequada, falta de médicos e um número reduzido de enfermeiros a trabalhar no município, situação superada com o alcance da paz.
 
"Com o alcance da paz, o Executivo primou pela implementação dos vários programas, como os de Investimentos Públicos, Combate à Fome e à Pobreza, Municipalização dos Serviços de Saúde, o programa de acções imediatas e outros que permitiram o melhoramento de condições de vida da população, com a construção de várias unidades sanitárias e não só”, referiu.
 
Para além dos avanços já alcançados, disse o responsável, a repartição municipal da Saúde, em colaboração com a administração municipal, prevê ainda este ano a construção de seis novos postos e centros médicos, nas diversas localidades que ainda carecem de unidades sanitárias.
 
Kunzica Miguel avançou que, para prevenir a proliferação de várias doenças nas comunidades, o sector da Saúde no município criou uma equipa de sensibilização da população, em colaboração com as autoridades tradicionais, sobre os cuidados a ter contra várias doenças nas diversas localidades.
 
"A malária, doenças diarreicas e respiratórias agudas, ferimentos por acidentes de viação são, entre outros, casos atendidos frequentemente nas diversas unidades sanitárias, sobretudo na sede do município", referiu.
 
Acrescentou que além da distribuição de mosquiteiros tratados com insecticidas, que os técnicos têm vindo a efectuar nas localidades, a repartição municipal da Saúde, em colaboração com a administração municipal, já requisitou um carro com equipamento para a fumigação das diversas zonas onde o índice dos mosquitos e a malária é predominante.
 
Para melhorar a capacidade do atendimento, garantiu que as autoridades locais preconizam, no princípio do próximo ano, a construção de um hospital municipal de referência, com maior capacidade para mais serviços.
 
Kunzica Miguel condenou o comportamento de muitos habitantes sobretudo nas localidades, que têm vindo a auto medicar-se, ao invés de procurarem os serviços de saúde com qualidade para um controlo médico eficiente.
 
ANGOP
publicado por Quimbanze às 07:43

link do post | comentar | favorito
|

Mais de 60 novas escolas construídas em Quitexe


 

Sessenta e oito escolas, entre primárias e do I e II ciclos do ensino secundário, foram construídas de 2003 a 2012 no município de Quitexe, província do Uíge.
 
As mesmas foram erguidas no âmbito dos programas de Investimentos Públicos e de Combate à Fome e à Pobreza, bem como do melhoramento da qualidade de vida da população.
 
Em declarações hoje à Angop, o chefe da repartição municipal da Educação em Quitexe, Nicolau João, disse que, deste número de infra-estruturas escolares construídas no período em análise, 66 escolas são do ensino primário e duas outras do I e  II ciclos, localizadas na sede do município.
 
Para o presente ano lectivo, foram matriculados nos diversos níveis de ensino, no município do Quitexe, oito mil e 820 alunos, tendo se registado um aumento significativo em relação ao ano passado, fruto da construção de salas de aula.
 
Nicolau João avançou que a formação dos milhares de alunos está assegurada por 533 professores devidamente capacitados pedagógica, técnica e cientificamente, acrescentando que o número é ainda insuficiente, necessitando de pelo menos 168 novos professores dos diversos níveis de ensino.
 
Considerou necessário que o Executivo enquadre mais professores no município de Quitexe, para garantir melhor funcionamento das instituições e permitir o alívio da carga horária aos docentes em serviço actualmente.
 
"O surgimento das várias escolas na localidade é fruto do alcance da paz e da reconciliação nacional. A paz é um bem retumbante e insubstituível, visto que antes os alunos estudavam em salas provisórias, os professores percorriam centenas de quilómetros à pé, devido às péssimas condições das estradas”, expressou.
 
Disse que actualmente tudo está totalmente fácil e já têm escolas construídas de raiz e todas apetrechadas com carteiras, quadros, secretárias e materiais didácticos.
 
Precisou que de 1998 a 2003 o município tinha apenas oito escolas e algumas salas provisórias, mas actualmente na localidade não existe crianças fora do sistema normal do ensino, porque o município tem salas suficientes para albergar a demanda.
 
Segundo o responsável, a repartição da Educação, em colaboração com a administração municipal, preconizou a construção de 24 novas escolas primárias, do I e II ciclos, com vista a descongestionar o excesso de alunos em algumas escolas nas diversas localidades.
 
Apelou à juventude para primar pela formação académica, técnica e profissional, porque o país necessita de homens formados com qualidade e capacidade para novas descobertas, investigações e outras acções que visam contribuir para o desenvolvimento sustentável e acelerado da Nação.
 
O município de Quitexe situa-se a 40 quilómetros a Sul da sede da província do Uíge. É composto por três comunas: Vista Alegre, Aldeia Visosa e Kambamba, 75 aldeias e uma população estimada em 40 mil e 340 habitantes, na maioria camponeses.
 
A mandioca, ginguba, banana, abacaxi, café, laranjas, mamões, abacates e batata doce são, entre outros, os produtos agrícolas produzidos na região.
publicado por Quimbanze às 07:40

link do post | comentar | favorito
|

.OUTRAS PÁGINAS

.posts recentes

. Município de Quitexe nece...

. O Nosso Bondoso Director

. Associação da União dos N...

. Governador do Uíge emposs...

. Plano Urbanístico do Quit...

. Fotografias do Quitexe - ...

. 15 de Março - "Perderam-n...

. Comentário de Victor Roma...

. Quitexe: Aumenta índice d...

. Cafeicultores do Quitexe ...

.FOTOS

.MAIS FOTOS

.arquivos

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Novembro 2014

. Março 2014

. Janeiro 2014

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.mais sobre mim

.Outubro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.pesquisar

 

.VISITAS

.ONDE ESTÃO

.No Mundo

.subscrever feeds